Prestíssimo* paulistano

Passa vida, vida passa, passa tempo, tempo passa e espere: seis horas acordar, seis e cinco despertar, sete horas trabalhar, trabalho, trabalho, trabalho:

– Alô? Sim, reunião em cinco minutos, ok.

Corre, corre, reunião em cinco minutos, cinco minutos! Que digo!? C – I – N – C – O minutos?! Não acabei o projeto! Corre, corre, tempo passa, corre, corre, vida passa. PARE! Não encontro nem aqui e nem ali, procurar, procurar, PROCURAR: escrivaninha, corredor, onde está? Onde anda a liberdade? Cadê ela? Está aí, andando, caminhando, fugindo de mim. Ah, se eu pudesse conquistá-la, ah, se eu pudesse! Com certeza, proclamaria a independência do horário, da correria, dos constantes cinco minutos. Oh, cinco minutos, meu Deus! Agora são quatro: acabar o projeto, acaba, acaba, acaba, não acaba… Acabou! Corre, anda:

– Elevador! Sala de reunião, por favor. Obrigada!

trabalho_3

Corredor lotado, anda logo, não para, vai, vai, v-a-i… Ah, que alívio, cheguei! Acabou, terminou, projeto aprovado. Treze horas, pegar as crianças. Que trânsito, BIBI, liberdade, independência, que caos, CHEGA! Ah, eu não aguento, hora de almoçar. Almoçar?! Isso aqui está mais para engolir, então engole logo porque são quinze horas. Mercado, compras, banco, lavanderia, trabalho, trabalho, trabalho, trânsito, que inferno! Que rapidez, 16, 17, 18, 19, ah, finalmente, 22 horas!

“Nossa, NADA, não fiz nada hoje, o dia não rendeu!” Vinte e duas horas, dormir, mas e aquele projeto? Pensa, pensa, pensa no sonho. Só pode ser pesadelo.

Bip-bip-bip-bip, passa vida, vida passa, passa tempo, tempo passa e espere: seis horas acordar. De novo? Mas passou tão rápido! Nem deu para descansar. Ah, chega de enrolar que hoje o dia é longo.

NÃÃOOO, assim não dá, quero minha liberdade, será que vou demorar a encontrar? Creio ter encontrado, no atestado de óbito: infarto do miocárdio. Apenas mais uma vítima, mas não temos tempo, às sete explode em multidão, todos correm para São Paulo crescer. Então, vão bora, vão bora, olha a hora, vão bora, vão bora.

*Andamento musical muito rápido, com toda a velocidade e presteza. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s